Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Início do conteúdo da página

Tiro das Armas Coletivas

Publicado: Segunda, 15 de Junho de 2015, 14h48 | Última atualização em Quarta, 18 de Novembro de 2015, 18h18 | Acessos: 3133

No período de 08 a 12 de junho, o 1° Batalhão de Ações de Comandos (1°BAC), executou o tiro das armas coletivas.

O adestramento, realizado no Campo de Instruções de Formosa, é o coroamento da fase de Capacitação Técnica e Tática do Efetivo Profissional do 1° BAC no que se refere ao armamento orgânico da OM. 

   Na oportunidade, foram realizados exercícios de tiro diurno e noturno com a metralhadora MAG (7,62mm), a metralhadora MINIMI (5,56mm), o morteiro 81mm, o fuzil Colt m4 (5,56mm) e as armas anticarro AT-4 e canhão Carl Gustaf (84mm).
 
   Também, foram utilizados os armamentos de precisão do caçador de Operações Especiais, o fuzil Barret (.50-antimaterial) e o fuzil M24 (7,62mm). Além disso, foram realizados exercícios com explosivos.
 
   A última jornada culminou com o emprego noturno de todas as armas listadas acima, de forma integrada a ação no objetivo 01(um) Destacamento de Ações de Comandos, realizando o assalto pelo fogo, o assalto por lanços e o assalto contínuo. O início da ação deu-se com a explosão de um artefato explosivo de distração e a execução do tiro iluminativo com o morteiro 81mm.
 
   O exercício deixou patente o poder de fogo das frações do 1°BAC, sempre empregado buscando a supressa, com precisão e agressividade, marca registrada da tropa COMANDOS!
registrado em:
Fim do conteúdo da página